Semana de Combate à Erotização da Infância

Institui e Inclui no Calendário de Eventos Oficiais do Município a Semana de Combate à Erotização da Infância.
EMAIL MKT
Agora é Lei!
A Lei Municipal Nº 9.103, DE 31/03/2014, inclui no calendário de Eventos Oficiais do Município, a Semana de Combate à Erotização da Infância. Será realizado anualmente, de 8 a 14 de outubro, no âmbito do Município.
Para efeito desta Lei, entende-se por erotização da infância a associação da criança à sensualidade e ao desejo inapropriado ao seu desenvolvimento psíquico. Durante a Semana de que trata o artigo 1º desta Lei, o Poder Público em articulação com a sociedade civil, poderá promover atividades de conscientização acerca do desenvolvimento psíquico da criança e dos efeitos negativos da erotização da infância.
Especialistas afirmam que uma criança que tenha sido erotizada precocemente tem grande possibilidade de ser tornar uma pessoa frustrada ou confusa em relação à sua própria sexualidade, supervalorizar o corpo ou ter uma visão depressiva do sexo e da sua imagem.
“Não convém que crianças fiquem expostas, a todo tipo de influência das mídias e agora com a modernidade, às redes sociais. Muitas mensagens são apelativas e envolvem a erotização precoce. Na internet o mundo pode ser acessado em um minuto e mudar uma vida para sempre.
A educação é a base para um direcionamento correto das crianças. O adulto precisa conhecer os perigos da erotização infantil, como ela pode acontecer e quais as suas consequências.”, explica o vereador Calasans Camargo.
Apresentamos a proposta de instituição da Semana de Combate à erotização Precoce da Infância, como forma de despertar a consciência da população, pais, educadores e autoridades para o tema, bem como conscientizar as fases de desenvolvimento da criança, evitando a possibilidade de efeitos nocivos ao funcionamento cognitivo, físico e mental.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *